quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

 

República de Veneza

.
A Veneza do século XV lutava para manter intacta a sua política, economia e território, da ameaça turca, por um lado e da pressão das grandes potências europeias, por outro.
A decadência político-administrativa desta cidade-estado teve início no século XV, quando os turcos tomaram Constantinopla.
Este facto fez perigar o comércio com o Oriente, que havia enriquecido os seus comerciantes.
A situação agravou-se ainda mais com as constantes batalhas contra os turcos.
O grão-vizir de Selim, Mohammad Sokolli, aconselhou o sultão Selim a tornar-se aliado de Veneza e a lutar contra o imperador Maximiliano, da Áustria. No entanto o sultão não acatou a ideia, pois a Sereníssima (nome por que também era conhecida a cidade dos canais), que tinha concordado em abandonar o Chipre, voltou a trás na decisão.
Selim anexou Chipre em 1570, o que motivou uma aliança entre Veneza e Espanha. Tanto uma como a outra eram apoiadas pelo Papa, que estava a organizar uma nova Liga Santa. Os aliados cristãos juntaram as frotas e transformaram-nas numa grande armada.
Encontraram a frota do inimigo. comandada por Ali Pachá, na costa ocidental da Grécia, no Golfo de Lepanto. Da batalha, Veneza e os seus aliados sairam vitoriosos.

Etiquetas:


Comentários:
Mais um precioso pedaço de história que aqui partilhas connosco.
 
Bom dia!
Estamos com uma Antologia de contos de romances sobrenaturais lançada em e-book e buscamos espaços para a divulgação.
Gostaria de saber se há espaço em seu blog para isso e como devemos proceder, se possível.
Obrigado pela atenção :)
Email, caso queira retornar o contato:
my.nation.underground@gmail.com
 
Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]