segunda-feira, 6 de agosto de 2007

 

Professor EGAS MONIZ

.
António Caetano de Abreu Freire Egas Moniz, nasceu em Avanca, perto de Estarreja, em 1874. Em 1899 concluiu, na Universidade de Coimbra, o bacharelato em Medicina, tendo em 1900, concluido a licenciatura. Nesse mesmo ano foi eleito deputado por Estarreja. No ano seguinte faz o doutoramento.
É também em 1901, a 7 de Fevereiro, que, na igreja de Canas de Sabugosa, casa com Elvira Macedo Dias, natural do Rio de Janeiro.
Até 1918 partilha a vida entre o ensino, a investigação e a actividade política, tendo chegado mesmo a fundar um partido político denominado Partido Centrista.
Em Dezembro 1918, porém, depois do assassinato de Sidónio Pais, de quem Egas Moniz era próximo, decidiu abandonar definitivamente a política e dedicar-se por inteiro, definitivamente, à medicina.
A 27 de Outubro de 1949, foi-lhe atribuído o Prémio Nobel da Fisiologia e da Medicina «pela sua descoberta do valor terapêutico da leucotomia pré-frontal em certas psicoses».
A primeira vez - e durante muitos anos a única - que um português recebeu tal distinção.
Antes da leucotomia pré-frontal, o seu grande feito fora a descoberta da angiografia cerebral, uma técnica de visualização dos vasos sanguíneos, que para muitos, mais que a leucotomia, deveria ter-lhe valido o Nobel.
O Professor Egas Moniz morreu a 13 de Dezembro de 1955.

Etiquetas:


Comentários:
Mário,

Este homem deveria ser uma referência para todos os portugueses.

Um abraço
 
Um prazer estar aqui em seu "blog cultura".
Um abraço.
 
Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]