sexta-feira, 13 de julho de 2007

 

5ª LINHA E 5ª FRASE

.
No passado dia 6, a nossa amiga SONY , lançou-me como desafio, a incumbência de transcrever e comentar a 5ª linha da página 162 do livro que estou a ler.
No dia 10, foi a nossa amiga SONHADORA quem me lançou idêntico desafio. Só que desta vez trata-se de transcrever e comentar a 5ª frase da página 161 do livro que estou a ler.
Porque é que num caso é a 5ª linha da página 162 e no outro é a 5ª frase da página 161, não sei dizer. Mas essa diferença impossibilita-me a hipótese do "dois em um".
Vou começar por vos dizer que o livro que estou a ler se intitula: O ANEL - A Herança do Último Templário da autoria de Jorge Molist.
A 5ª linha da página 162 diz: "...Artur conseguia animar-me, uma vez que o meu ânimo andava muito por baixo por..."
A 5ª frase da página 161 diz: "A discussão com Enric por causa das tábuas e a discordância quanto ao crescente poder de Alícia aconselhavam a isso."
Fora do seu contexto estes excertos nada significam. Enquadrá-los seria fastidioso, certamente. Um resumo da história será muito mais útil e lógico.
E a história conta:
"Cristina é uma advogada que reside em Nova Iorque desde os doze anos. Na noite em que celebra o seu vigésimo sétimo aniversário recebe das mãos do seu namorado um anel de noivado. Nessa mesma noite, e ainda durante a festa de aniversário, aparece um estranho mensageiro que lhe entrega um embrulho de um remetente anónimo. Quando o abre encontra outro anel, muito singular, no qual brilha um rubi incrustado.
Sob a influência desse estranho anel, a jovem regressa a Barcelona, cidade onde nasceu e que abandonou ainda em criança. Cristina iniciará uma viagem pela costa mediterrânea que lhe permitirá reencontrar o seu passado enquanto enfrenta misteriosas personagens, segredos de família inconfessáveis, o seu primeiro amor, lojas herméticas e uma enigmática herança que exige decifrar chaves ocultas relacionadas com o trágico destino do último Templário. Ao longo desse périplo físico e espiritual, receberá uma profunda lição sobre a vida, o amor e a morte que modificará para sempre o seu destino e a sua visão do mundo."
.
O humor, a intriga e o romantismo conjugam-se neste apaixonante e rigoroso romance histórico que nos aproxima tanto dos mistérios da Idade Média como das nossas inquietações contemporâneas.
.
Gostaria de ver continuidade em qualquer destas correntes. Diferentes embora, na abordagem, não se distanciam no que respeita à finalidade, ou seja, dar a conhecer o tipo de leitura que cada um prefere. De qualquer modo, importante é ler, independentemente das preferências. E, sendo assim, vou propor que, peguem, ou na 5ª linha da página 162, ou na 5ª frase da página 161, de acordo com o que mais lhes agrade, os seguintes amigos:

Ilhas do Mar
Viagens na Aldeia
Oficina de Palavras
Um Poema de Vez em Quando
Letras Soltas
No Silêncio das Palavras

Etiquetas:


Comentários:
PARABÉNS! Foste o único que viu um erro meu no titulo do Post!
Se reparares no post está sempre 161.
bem acredita que fizeste algo genial visto que se assim não fosse ias escrever apenas uma só frase assim escreveste 2 do livro que estás a ler!
que mal entendido vantajoso este!
Desculpa , mas no Post estava só 161, tirando o erro no titulo, engraçado que esperei que um dia alguém comentasse e lol.
Mas olha o teu desafio ficou muito mais completo e engraçado!
Toma cuidado a partir de hoje não vá alguém desafiar-te a escrever o livro todo para poupar uns €.

Estou a brincar, devo-te um pedido de desculpas...
Um bj Sony:-)

Mas que ficou engraçado ficou:-)
 
A Sony distraiu-se mas o erro conduziu-te à elaboração de um pequeno resumo da obra , o que tornou ainda mais apetecível a sua leitura.
Beijinhos embrulhados em abraços
 
Aceito o desafio com prazer e farei-o logo que possivel, talvez durante o fim de semana ou mais logo.
Eu adoro ler as leituras são varidas , mas neste momento ando numa de leituras de maior introspecção interior e posso te adintar que ando quase a terminar " As profecias Celestinas"
Obriigada por me teres escolhido....
um abraço
brisa de palavras
 
Passei para te ler e , simultaneamente, dizer-te que era a Bom dia Isabel mas agora sou a Sophiamar.O meu blog ou o meu email, foram invadidos por vírus. Tive de excluir o blog, assim o entendi, pelo menos, e limpei o email.
Aderiste ao desafio, de uma forma muito interessante. Às vezes , enumerar títulos é fácil mas falar do contéúdo das obras é mais difícil.
Gostei muito do resumo. Irei passando por aqui.
Beijinhos
 
De uma pequenina "coisa" soubestes agarrar e dar vida,ficando assim o desafio super original.
Bom fim de semana
Bjs Zita
 
Desejo-te um bom domingo e deixo-te beijinhos embrulhados em abraços.
 
olá amigo!
Tenho andado um pouco ausente e fora da ilha. Não é férias!Simplesmente muito trabalho. Vou tentar aceitar o desafio é bastante interessante.
bjs
 
Aqui vai,

Artur conseguia...muito por baixo por...uma teia de aranha tecida de crueldade e de inveja que vai da falta de luz no coração à falta de luz no pensamento.... (5ª linha da pág.162 do livro que estou lendo "O que diz Molero" de Dinis Machado).

Bjs
 
Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]